Uncategorized

Indústria láctea: entenda a importância do controle de qualidade.

Quando falamos em indústria láctea, devemos abordar desde a obtenção higiênica do leite no campo, o transporte refrigerado, a seleção do leite cru na plataforma de recepção da indústria e ainda todo o processo de produção do leite ou derivado lácteo até sua estocagem e distribuição para o consumidor.

Neste sentido, pode-se afirmar que a segurança do leite é verificada em cada uma dessas etapas, tendo em vista que em qualquer uma delas pode haver o contato de agentes que coloquem em risco a integridade física do consumidor.

A indústria, ciente que seu controle deve ser feito antes mesmo da chegada do leite para processamento, deve garantir a higiene na obtenção do leite, matéria-prima para a produção dos laticínios, a adequada classificação e refrigeração, bem como o transporte em ambiente limpo e refrigerado.



“Na chegada do leite na indústria, devem ser realizadas análises como alizarol, acidez, crioscopia, além de verificar a temperatura de chegada do leite, visando garantir a qualidade do leite a ser recebido para industrialização ou processamento”.

Após a classificação ou seleção do leite, ele passará por filtros para remoção de placas de resfriamento, sendo então acondicionado em tanques isotérmicos para ser submetido ao processamento. Neste processo, o leite cru refrigerado será normalmente padronizado quanto ao teor de gordura em centrífuga seguindo para pasteurização em trocador de placas, e posteriormente para envase ou tanques apropriados, de acordo com a destinação, conforme o derivado lácteo a ser elaborado.

Além disso existem uma serie de normas e procedimentos para a analise do leite seguindo as normativas elaboradas para o processo. quer saber mais? então entre em contato com a nossa equipe ficaremos felizes em poder ajudar!